COUTINHO COBRA INFORMAÇÕES DE MINISTRO E PETROBRAS SOBRE PLATAFORMAS

O deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade-PE) solicitou nesta quarta-feira (2) informações ao ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, e ao presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, sobre a atual situação da construção de quatro plataformas de extração de petróleo (P-74, P-75,P-76 e P-77).

A Petrobras anunciou a construção das quatro plataformas em 2012 ao custo de R$ 1,7 bilhão. Pelo menos duas plataformas, P-75 e P-77 seriam construídas no Rio Grande do sul, mas notícias na imprensa denunciam que o contrato com o consórcio QGI (Queiroz Galvão e lesa O&G) teria sido revisto pela empresa em virtude da Operação Lava Jato, e que as obras passariam para um estaleiro na China. Se confirmadas, isso traria um impacto ainda maior à atual crise instalada no setor naval brasileiro, alvo de demissões em massa de trabalhadores em todo o Brasil, com efeitos maiores em Pernambuco, Bahia e RS.

Se confirmadas as denúncias, o deputado Augusto Coutinho quer saber os motivos da suspensão das obras. Também quer saber qual a relação de todas plataformas, navios ou outros equipamentos de prospecção de petróleo encomendados pela Petrobras, dentro do programa Repetro.