Projeto de auxílio a estados e municípios pela Covid-19 transfere renda para cidades

Dentro das ações para conter os impactos negativos da Covid-19 sobre a economia, o Congresso aprovou Projeto de Lei Complementar (PLP) 39/2020, que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Ele traz um aporte estimado de até R$ 125 bilhões para os estados, Distrito Federal e municípios. O deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE) foi um dos parlamentares que votou favorável ao texto.

“Conseguimos um plano de socorro aos entes federados de maneira rápida. Mas foi uma longa discussão. Inicialmente tínhamos uma proposta que foi modificada no meio do caminho. Ao fim, garantimos a aprovação desta matéria. Um dos pontos importantes é que além do auxílio aos estados, também serão garantidos apoios diretos aos municípios”, disse Augusto Coutinho.

Veja aqui quanto será destinado a cada um dos municípios brasileiros pelo Programa de Auxílio a Estados e Municípios.

Desde fevereiro o Brasil tem registrados casos da doença e a proliferação dela nas regiões mais interioranas do país é uma preocupação. “Sambemos que nas cidades afastadas da capital o acesso aos serviços de saúde é restrito. Na primeira semana de abril Pernambuco já tinha 131 cidades com pelo menos um caso grave de Convid-19”, acrescentou Coutinho. De acordo com ele, garantir atendimento para essas pessoas na cidade onde vivem é fundamental, evitando assim, a necessidade de deslocamentos, o que pode contribuir para proliferação da doença e agravar o quadro do enfermo na medida em que aumenta o tempo até que ele seja atendido.